quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

MEDITAÇÃO



A gente começa amar por simples curiosidade,
por ter lido num olhar certa possibilidade.
e como, no fundo a gente se quer muito bem,
ama quem ama, somente pelo gosto igual que tem.
Depois a gente começa a repartir dor por dor,
e se habitua depressa a trocar frases de amor.
E, sem pensar, vai falando de novo as que já falou...
e continua amando, só porque já começou...

Manuel Bandeira

4 comentários:

Vinicius Alves disse...

Pow esse do Manoel Bandeira é lindo..
pow eu tenho um blogger de poesias que eu mesmo escrevo...da uma olhada la, eu vou te seguir..abração querida
e parabens por essas poesias lindas sel!
http://viniciusgodinho.blogspot.com/

SORAYA.SENTIMENTOS.REFLEXAO.DESABAFOS disse...

SEL...NAO CONSEGUI POSTAR NA CAIXINHA DE RECADOS ALÍ DO LADO, ENTAO VAI AQUI MESMO: SEU BLOG TÁ LIDÍSSIMO! AMEI...VC É LINDA! BEIJOS

Rozy disse...

Nossa! Adorei esta poesia!
Muito lindaaa
Gosto muito das poesias de Amor! =]

"Renatinha" disse...

Oi Selma vim retribuir a vizitinha!Gostei muito do seu blog.Bjinhox da Bruxinha