sábado, 30 de outubro de 2010

EU, TU E UM ADEUS


 Eu, tu e um adeus
(in Reflexos - 1976 - Porto, Portugal)

Sem rancores
sem lágrimas
sem amanhãs
sem nuvens
sem ódios
sem porquês...
Eu, tu e um adeus
num sorriso
aberto
franco
alegre
quase feliz!...
Olhar fixo
seco
vazio mas confiante
os dias são meus.
Ontem, hoje e sempre
Eu, tu e esse adeus!...

Maria Beatriz dos Santos Ferreira 

2 comentários:

Machado de Carlos disse...

É difícil dizer Adeus. Para tomar esta decisão sempre pensamos um pouco mais.
Mas adeuses sempre deixam marcas.

Allexia. disse...

Sél desculpe a ausencia, minha net esta ruim, e minha cabeça não anda lá muito certa, rs, não sei se comentei, mas copiei o selo, obrigada. Beijos, lindo inicio de semana.