terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A FESTA DA NATUREZA


Chegando o tempo do inverno,
Tudo é amoroso e terno,
Sentindo o Pai Eterno
Sua bondade sem fim.
O nosso sertão amado,
Estrumicado e pelado,
Fica logo transformado
No mais bonito jardim.

Neste quadro de beleza
A gente vê com certeza
Que a musga da natureza
Tem riqueza de incantá.
Do campo até na floresta
As ave se manifesta
Compondo a sagrada orquesta
Desta festa naturá.

Tudo é paz, tudo é carinho,
Na construção de seus ninho,
Canta alegre os passarinho
As mais sonora canção.
E o camponês prazentero
Vai prantá fejão ligero,
Pois é o que vinga premero
Nas terras do meu sertão. 


Patativa do Assaré

3 comentários:

By: Me and the time (Eu e o tempo) disse...

Sél, o seu blog parou de fazer atualizações aos seus seguidores...
Passando para desejar um dia radiante...

Beijos

Leandro Ruiz

www.bymeandthetime.blogspot.com

✿ chica disse...

Muito lindo,Sel! Sempre !!! beijos,chica

mARa disse...

E assim as estações vão passando, e no seu tempo retornando tão bela na chegada e na partida.

Lindeza!

abço fraterno!