quarta-feira, 10 de abril de 2013

AS PESSOAS SENSÍVEIS


As pessoas sensíveis não são capazes
De matar galinhas
Porém são capazes
De comer galinhas

O dinheiro cheira a pobre e cheira
à roupa do seu corpo
Aquela roupa
Que depois da chuva secou sobre o corpo
Porque não tinham outra
O dinheiro cheira a pobre e cheira
A roupa
Que depois do suor não foi lavada
Porque não tinham outra

"Ganharás o pão com o suor do teu rosto"
Assim nos foi imposto
E não:
"Com o suor dos outros ganharás o pão".

Ó vendilhões do templo
Ó construtores
Das grandes estátuas balofas e pesadas
Ó cheios de devoção e de proveito

Perdoai-lhes Senhor
Porque eles sabem o que fazem.


Sophia de Mello Breyner Andresen

2 comentários:

Cristina disse...

Llego hasta tu sitio de la mano de Sonia, The Best Blogs 2.

Bellísimo sitio, si me permites me quedo para seguirte!
Abrazos desde Uruguay!
http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

Sél disse...

Soninha, uma grande amiga blogueira ^__^

Obrigado pela visita e por ter apreciado meu espaço Cristina.
Visitei seu blog, fui sentir o Perfume de suas rosas :)))
Beijos e volte sempre, será sempre bem vinda