quinta-feira, 29 de abril de 2010

ODE



Segue teu caminho,
rega as tuas plantas,
ama tuas rosas.
O resto é a sombra
de árvores alheias.

A realidade

sempre é mais ou menos
do que queremos,
só nós somos sempre
iguais a nós próprios.

Suave é viver só.

Grande e nobre é sempre
viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
como ex-voto aos deuses.

Vê de longe a vida.

Nunca a interrogues.
Ela nada pode
dizer-te. A resposta
está além dos deuses.

Mas serenamente

imita o Olimpo
no teu coração.
Os deuses são deuses
porque não pensam.

Fernando Pessoa



Um comentário:

Jorge Silva disse...

"Tudo para falar e nada para dizer"!

Grato pelas visitas e palavras!

Avante!

Feito Don Quixote!

Abraço fraterno!