domingo, 29 de agosto de 2010

SUGESTÃO


Faça o seguinte:
Assopre o pensamento triste,
deixe escorrer a última lágrima,
conte até vinte.

Abra então a janela,

aquela que dá para o voo dos pardais,
procure a luz que pisca lá na frente
(Evite as sombras que ficaram lá pra trás).

Ao encontrá-la,

coloque-a dentro do peito
de tal jeito, que possa ser notada
do lado de fora;

Acrescente agora uma pitada de poesia,

do tipo que passa por nós todos os dias
e nem sequer consegue ser notada;

Aumente o brilho,

com toda intensidade
de que um sorriso é capaz.
A felicidade é o seu limite,
e o paraíso é você mesmo quem faz.



Flora Figueiredo

4 comentários:

Silvia disse...

Oi Sél
adorei a 'receita' para afastar a melancolia.
Abraço

Bestiário Alagoano - Iremar Marinho disse...

Olá, Sél
Vim agradecer por sua preciosa atenção ao nosso Bestiário e me abastecer desta beleza toda!
Beijos

Allexia. disse...

Olha, depois de ler esse poema resolvi fazer uma reforma no meu paraíso,para aumentar o brilho... e sorrir mais. Gosto do seu blog por que aqui encontro poesias que ainda não conheço, e suas escolhas são perfeitas. Bjos Sél...

Helô Strega disse...

Adorei o encaminhamento do poema!
Positividade: passe esta ideia adirante, né?!
Rsrs...
Vejo que vc passa.
Bjos