segunda-feira, 2 de julho de 2012

CEMITÉRIO DA ALMA


Hoje não tem lua cheia
não tem amor nem ternura
hoje é um dia nublado
um céu de estrelas nuas.

Hoje não tem sonhos bons
não tem fervor nem candura
hoje é mais um passo da morte
uma estrada para a loucura.

Hoje não tem salvação
pedidos, desejos, apelos
que não te escapem pelas mãos

E hoje não existe emoção.
Versos, prosas, és poeta
e é tudo que tens de bom.


Thiago Grijó Silva

2 comentários:

✿ chica disse...

Profunda e linda poesia! beijos,tudo de bom,chica

Leandro Ruiz disse...

Um lugar lindo com lindas poesias, belos versos...

Abraço!

Leandro Ruiz

www.plus.google.com/u/0/115524738625459865358/about

www.lleandroaugustto.blogspot.com

http://www.eu-e-o-tempo.blogspot.com